Isabel Pantoja:"Estou a pagar pelos meus erros"

A recuperar, após ter sido condenada pelos crimes de corrupção e branqueamento de capitais, a cantora espanhola culpa a relação amorosa que teve com o ex-presidente da Câmara de Marbella pela situação em que se encontra.

Depois de ter desmaiado à saída o hospital, sob os apupos da multidão, Isabel Pantoja encontra-se agora a recuperar do susto, enquanto espera que os seus advogados recorram da sentença declarada na passada terça-feira, dia 16, no tribunal de Málaga, condenando-a a 24 meses de prisão e a uma multa de um milhão de euros pelos crimes de corrupção e branqueamento de capitais mas não irá para a prisão.

"Isabel está a recuperar-se. Está melhor. Agora, já sabe aquilo que pode esperar e isso é sempre muito mais reconfortante do que a incerteza de não saber o que será do resto da sua vida", declarou uma das suas advogadas, Graciela Ortondo.

Com o apoio da filha Chábeli e o filho Kiko, a cantora espanhola continua a afirmar que a situação em que se encontra é consequência de se ter apaixonado pela pessoa errada. "Estou a pagar pelos meus erros", admitiu Pantoja, referindo-se ao seu envolvimento com Julían Muñoz, ex-autarca de Marbella.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Isabel Moreira ou Churchill

Numa das muitas histórias que lhe são atribuídas, sem serem necessariamente verdadeiras, em resposta a um jovem deputado que, apontando para a bancada dos Trabalhistas, perguntou se era ali que se sentavam os seus inimigos, Churchill teria dito que não: "Ali sentam-se os nossos adversários, os nossos inimigos sentam-se aqui (do mesmo lado)." Verdadeira ou não, a história tem uma piada e duas lições. Depois de ler o que publicou no Expresso na semana passada, é evidente que a deputada Isabel Moreira não se teria rido de uma, nem percebido as outras duas.