Filho de Allen defende-o de acusações de abuso sexual

Moses Farrow, filho adotivo de Woody Allen e Mia Farrow, veio a público negar que a sua irmã, Dylan, tenha sido abusada sexualmente pelo pai e acusa ainda a mãe de "envenenar" a família.

Pela primeira vez em duas décadas, Moses Farrow quebrou o silêncio para negar que o pai adotivo, Woody Allen, tenha abusado sexualmente da sua irmã, Dylan. O filho de Woody Allen e Mia Farrow afirma que a mãe terá convencido Dylan de que tinha sido vítima do realizador.

"Não sei se realmente minha irmã acredita que foi abusada ou faz isso para satisfazer a mãe", afirmou Moses em entrevista à revista People. Os acontecimentos, relatados por Dylan Farrow numa carta aberta ao New York Times, datam de 1993. Nesse texto, a filha adotiva de Allen e Farrow afirma que o pai a molestou na casa da família quando tinha apenas sete anos.

Entretanto, o The New York Times noticiou que recebeu um pedido de Woody Allen para publicar um direito de resposta e que está a ponderar fazê-lo "nos próximos dias".

Exclusivos