Depardieu paga 4 mil euros por conduzir alcoolizado

Em 2012, o ator conduzia a sua scooter a uma velocidade três vezes acima da permitida e com 1,8 gramas por litro de álcool no sangue

O processo judicial foi adiado várias vezes devido à ausência do ator, e recentemente Depardieu anunciou a desistência do recurso. Assim, mantém-se a primeira sentença, de junho de 2013, que condenou a estrela do cinema francês a pagar quatro mil euros e determinou a suspensão da carta de condução durante seis meses.

Contudo, a proibição de conduzir acabou por ser contornada pelo ator que alterou a carta de condução francesa para uma licença belga, que as autoridades francesas não podem suspender.

Recorde-se que em novembro de 2012, enquanto conduzia a sua scooter, Gérard Depardieu, foi perseguido e preso pela polícia. O ator conduzia a sua scooter a uma velocidade três vezes acima da permitida. O seu exame de sangue detetou 1,8 gramas de álcool, o que comprovou o estado ébrio do "Obélix".

Ler mais

Exclusivos