Carrilho: "Se há queixa, é minha contra a Bárbara"

O ex-ministro da Cultura negou ao DN a acusação de violência doméstica e diz que apresentou queixa contra a ainda mulher, a apresentadora Bárbara Guimarães.

"A manchete do jornal [Correio da Manhã] é totalmente falsa. Se há queixa, é minha contra a Bárbara que foi apresentada no DIAP [Departamento Investigação Acção Penal], após o momento em que, para minha surpresa, me vi impedido de entrar em minha casa e ver os meus filhos", afirmou, em exclusivo, ao DN Manuel Maria Carrilho.

Sobre a notícia que dá conta de uma queixa-crime da apresentadora de Factor X contra si, o professor universitário refere que, esta, a existir, foi realizada após a sua. "Se há alguma queixa da Bárbara [Guimarães] foi feita posteriormente à minha", acrescenta.

Leia amanhã toda a história na edição impressa do DN.

Ler mais

Exclusivos