Beckham é o homem perfeito para o Dia dos Namorados

Mil mulheres responderam a um inquérito 'online' e elegeram o ex-futebolista como o par de sonho para o dia mais romântico do ano. Bradley Cooper e Ryan Gosling estão imediatamente a seguir.

Entre 3 e 5 de fevereiro, a empresa norte-americana de marketing OnePoll, especializada em votações online, perguntou a mil mulheres com quem gostariam de jantar na noite de 14 de fevereiro. Com 18% dos votos, David Beckham foi o grande vencedor.

Mas a vitória não foi fácil. A disputar o primeiro lugar estiveram também Bradley Cooper, que arrebatou o coração de 14% das mulheres, e Ryan Gosling, que não deixou indiferente 13% das inquiridas.

Durante esse mesmo período, a OnePoll não se esqueceu do público masculino e aplicou a mesma questão a mil dos seus representantes. Para eles, a apresentadora de televisão britânica Holly Willoughby é a companhia ideal para uma noite romântica, deixando para trás nomes como Megan Fox ou Jennifer Lawrence.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Legalização da canábis, um debate sóbrio 

O debate público em Portugal sobre a legalização da canábis é frequentemente tratado com displicência. Uns arrumam rapidamente o assunto como irrelevante; outros acusam os proponentes de usarem o tema como mera bandeira política. Tais atitudes fazem pouco sentido, por dois motivos. Primeiro, a discussão sobre o enquadramento legal da canábis está hoje em curso em vários pontos do mundo, não faltando bons motivos para tal. Segundo, Portugal tem bons motivos e está em boas condições para fazer esse caminho. Resta saber se há vontade.

Premium

nuno camarneiro

É Natal, é Natal

A criança puxa a mãe pela manga na direcção do corredor dos brinquedos. - Olha, mamã! Anda por aqui, anda! A mãe resiste. - Primeiro vamos ao pão, depois logo se vê... - Mas, oh, mamã! A senhora veste roupas cansadas e sapatos com gelhas e calos, as mãos são de empregada de limpeza ou operária, o rosto é um retrato de tristeza. Olho para o cesto das compras e vejo latas de atum, um quilo de arroz e dois pacotes de leite, tudo de marca branca. A menina deixa-se levar contrariada, os olhos fixados nas cores e nos brilhos que se afastam. - Depois vamos, não vamos, mamã? - Depois logo se vê, filhinha, depois logo se vê...