Homens que tentaram matar Joss Stone condenados

Junior Bradshaw, de 32 anos, e Kevin Liverpool, de 35, foram detidos em junho de 2011 e acusados de planear um assalto à casa da cantora e o seu assassínio. "Estou aliviada", confessou a cantora.

Os dois criminosos foram apanhados pelas autoridades perto da casa de Joss Stone numa zona isolada de Devon, em Inglaterra, munidos de uma espada samurai, sacos e cordas, fita adesiva e mapas do interior da propriedade.

Presentes no tribunal de Exeter, Junior Bradshaw e Kevin Liverpool foram esta quarta-feira considerados culpados pela tentativa de assalto e assassínio da cantora. Bradshaw foi condenado a dez anos e oito meses de prisão. A sentença de Kevin será definida dentro dos próximos dias.

Em declarações à comunicação social, Stone agradeceu "a todos o apoio prestado" e disse sentir-se "aliviada com o final do julgamento". "Estes homens já não estão mais em posição de causar danos a ninguém", concluiu a cantora britânica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG