Elton John: "Estrelas de 'realities' deviam ser mortas"

Cantor britânico lançou fortes críticas aos concorrentes de reality shows e à cultura de celebridades nos media

Elton John sempre se mostrou contra a existência de reality shows e contra a cultura voyeurista do universo televisivo mas agora foi mais longe e disse mesmo que as estrelas deste tipo de programas deviam ser assassinadas.

"Eles querem fama sem se importarem com as consequências. Não olham a meios para serem famosos. Com estes reality shows na TV, temos que levar com esta gente que mais parecem pesadelos e que querem ter sucesso a todo o custo, quando aquilo que queres é que eles sejam assassinados", disse o cantor de 66 anos em entrevista à rádio BBC World Satellite.

Ainda na semana passada, o artista britânico já tinha frisado à CNN estar "enjoado" com a importância que se dá às celebridades. "Concentramo-nos demasiado na cultura dos famosos e tão pouco nas coisas que interessam. Estou farto destas celebridades todas nas capas de revistas, na TV, no Twitter, no Facebook... Mete-me nojo", revelou.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.