Criador de 'Os Simpsons' doa fortuna a ONG

Diagnosticado com um cancro terminal no cólon, Sam Simon decidiu doar 80 milhões de euros a uma organização não governamental que defende o tratamento ético para os animais

"Acho que a minha paixão pelos animais e contra o abuso destes é baseada no conhecimento de que estas criaturas sentem e pensam mas não conseguem dizer. Por isso, dependem de nós para se expressarem. Sinto que é minha responsabilidade falar por aqueles que não podem falar por si", explicou Sam Simon em entrevista à NBC.

O criador da série de desenhos animados mais famosa do mundo, a par de Matt Groening e James Brooks, justificou assim a doação de parte da sua fortuna à Sam Simon Foundation, criada para ajudar animais, mas também famílias necessitadas e com carências económicas.

Com 59 anos e sem filhos, Simon sabe que está em fase terminal da doença - quando lhe foi diagnosticado o cancro, em 2002, deram-lhe dois meses de vida. "De certa maneira, acabei rodeado por pessoas que me amam e cuidam de mim e que farão tudo por mim. Esta é uma sensação boa. É o que se chama de felicidade", concluiu.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG