Carla Matadinho doa medula óssea a mulher com leucemia

"Ligaram-me do Registo Português de dadores de Medula Óssea a dizer que sou compatível com uma doente que sofre de leucemia", contou a empresária e modelo.

"Confesso que fiquei um bocadinho aflita, ao mesmo tempo pensei que podua salvar uma vida, mas por outro lado pensei na minha filha, que não poso ficar debilitada porque ela precisa de mim", explicou ao nosso jornal.

Apesar das dúvidas iniciais, não houve hesitações: "Disse logo que podiam contar comigo! No dia seguinte, fui fazer uma colheita para confirmar se a compatibilidade é total e agora estou à espera dos resultados, que demoram três semanas"

Carla Matadinho espera "que corra tudo bem" e que possa concretizar-se a doação de medula óssea. A empresária sabe que o doente é uma mulher de 34 anos que tem leucemia.

"É uma sensação boa poder ajudar", diz, Carla que tem o seu nome inscrito há 4 anos na base de dados de dadores de medula óssea.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG