"As mamas são falsas, mas a minha voz é verdadeira"

Face aos rumores de que tinha feito 'playback' durante um concerto, a cantora norte-americana vincou que a sua voz era real.

Dolly Parton subiu ao palco do Glastonbury Festival, dedicado à música folk, e cantou alguns dos temas mais emblemáticos da sua carreira, tais como Jolene ou Blue Smoke. Mas a sua atuação ficou ensombrada pela acusação de que teria feito playback.

Contactada pelo jornal The Sun, a artista, de 68 anos, fez questão de deixar claro que não recorreu a nenhuma gravação no concerto."As mamas são falsas, o meu cabelo também, mas a minha a minha voz e o meu coração são verdadeiros", disse.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG