Nome da filha de Lucy e Djaló foi autorizado

A actriz e o jogador do Sporting chamaram à bebé Lyonce Viiktórya. Só possível graças à dupla nacionalidade de Yannick Djaló.

A dupla nacionalidade de Yannick Djaló, natural da Guiné-Bissau, torna possível que a filha do jogador do Sporting e de Luciana Abreu, que nasceu no passado dia 13, no Hospital dos Lusíadas, em Lisboa, se possa chamar Lyonce Viiktórya. A criança foi já registada na Conservatória do Registo Civil do Barreiro, apurou o DN.

O nome de Lyonce Viiktórya "não conta da lista onomástica portuguesa", revela fonte das Conservatórias do Registo Civil de Lisboa. Se Djaló só tivesse nacionalidade portuguesa, os pais teriam de pedir uma consulta à Conservatória dos Registos Centrais, em Lisboa, e pagar por isso 50 euros. O casal teria de solicitar outra consulta ao consultor onomástico, que custa 75 euros, e esperar seis meses. "E a resposta até podia ser negativa", refere a mesma fonte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG