Mulher, mãe, atriz, realizadora, filantropa. Os 40 anos de Jolie

Foi jovem rebelde e tentou o suicídio. Hoje, a mulher que foi eleita como a mais admirada no mundo é mãe de seis e soma êxitos.

Com uma família cheia de atores, a paixão pela representação chegou cedo. Tinha apenas 5 anos e já estava no grande ecrã, embora a estreia profissional só tenha chegado na maioridade, aos 18, no filme Cyborg 2. Na adolescência era uma jovem rebelde e atravessou uma depressão e duas tentativas de suicídio, mas o volte-face na sua vida fez dela não só uma atriz galardoada - e também uma das mais bem pagas da indústria cinematográfica, com êxitos de bilheteira como Tomb Raider e Mr. & Mrs. Smith -, mas também uma das mais reconhecidas filantropas, pelo visível trabalho de quase uma década e meia ao serviço das Nações Unidas.

Mãe de seis, três deles adotados, forma ao lado de Brad Pitt o casal mais popular de Hollywood, criando um fenómeno de popularidade mundial que já levou ao nascimento do termo "Brangelina", uma das "marcas" mais cobiçadas para publicidade. A atriz e realizadora, que já se casou três vezes, foi recentemente eleita a mulher mais admirada no mundo. Angelina Jolie celebra 40 anos nesta quinta-feira.

Leia mais na edição impressa ou no ePaper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG