Morreu o ator brasileiro Umberto Magnani

O ator brasileiro Umberto Magnani encontrava-se em hospitalizado e em coma, depois de sofrer um AVC nas gravações na novela "Velho Chico".

O ator Umberto Magnani morreu esta quarta-feira, dois dias depois de ter sofrido um AVC durante as gravações da novela da Globo Velho Chico, no mesmo dia em que celebrou 75 anos. Depois de ter recebido os primeiros socorros no local, o brasileiro foi depois internado no Hospital Vitória, no Rio de Janeiro.

Magnani chegou a ser submetido a uma intervenção cirúrgica de seis horas, na madrugada de terça-feira, durante a qual sofreu uma paragem cardíaca, encontrando-se em coma desde então.

Natural de São Paulo, o ator tinha uma carreira em televisão de mais de 40 anos, tendo entrado em várias novelas da Globo como Páginas da Vida, Felicidade, Alma Gémea ou Gabriela. Nesta mais recente novela, Velho Chico, na qual dá vida ao padre Romão, o ator será substituído por Carlos Vereza.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.