Michael Jackson poderá ter congelado o esperma

Numa entrevista publicada na versão inglesa do site da revista "People", Matt Fiddes, ex-segurança do cantor, revelou que o maior receio dpo 'Rei da Pop' era morrer e ser esquecido.

O ex-segurança de Michael Jackson, Matt Fiddes, revelou, numa entrevista publicada na versão inglesa do site da revista “People”, que Michael Jackson pode ter congelado o seu esperma.O guarda-costas contou que teve muitas conversas com Michael Jackson sobre a vida após a morte. O "rei do pop" queria viver para sempre, nem que para isso fosse criado um clone seu. "O seu maior receio era morrer e ser esquecido. Falámos em todas as opções, desde congelar o corpo até à clonagem”. Michael Jackson teria ainda assistido a uma conferência sobre clonagem, em Las Vegas, com o seu amigo, Uri Geller, com quem chegou a discutir a ideia. “Quando ele se apercebeu que ainda não seria possível a clonagem, fez menção ao congelamento do seu esperma. Foi a forma encontrada por Michael de se salvar", continuou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG