Katy Perry queria comprar um convento... e agora já pode

O convento em Los Angeles que Katy Perry queria comprar por 12,8 milhões de euros está novamente disponível para venda. A proposta da cantora só precisa, agora, da aprovação do Vaticano

Katy Perry está a um pequeno passo de adquirir o convento com que sempre sonhou. A cantora de 31 anos está há vários meses a tentar comprar uma propriedade em Los Angeles, EUA, mas foi impedida pelas freiras que lá viviam, que preferiram negociar com uma empresária que lá queria abrir um hotel e restaurante. O caso foi levado a tribunal e, esta quarta-feira, o juiz responsável considerou que esse negócio era "impróprio", abrindo novamente caminho a Perry.

A sua proposta inicial de 14,5 milhões de dólares (cerca de 12,8 milhões de euros) só depende, agora, da aprovação do Vaticano, segundo o The Hollywood Reporter. Ao que tudo indica, a venda será autorizada, uma vez que o próprio arcebispo de Los Angeles já deu o seu consentimento, pelo que a restante organização religiosa deverá seguir o mesmo caminho.

Ao contrário da empresária que estava em negociações com as freiras, Katy Perry não pretende transformar o convento num hotel, mas sim fazer dele o seu local de residência. A artista ofereceu-se ainda para construir uma casa, num terreno próximo, para que as freiras, e atuais moradoras, lá possam viver.

A propriedade, que ronda os 32 mil metros quadrados, inclui uma piscina e uma vista para as Montanhas de São Gabriel, na Califórnia. Katy Perry, recorde-se, nasceu nos seio de uma família profundamente religiosa. Os pais, Mary e Maurice, são pastores da igreja Pentecostal.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG