Justin Bieber posou com um tigre. E elas revoltaram-se

Cantor tirou "selfie" com um tigre de Bengala, uma das atrações da festa de noivado do pai de Bieber

A notícia foi avançada pelo The Huffington Post e dá conta de mais uma polémica em torno de Justin Bieber. Desta vez, o músico conseguiu enfurecer a PETA - a organização de direitos dos animais - ao colocar, no Instagram, uma fotografia onde posa ao lado de um tigre acorrentado, durante a festa de noivado do pai, que decorreu este fim de semana.

A organização reagiu prontamente à publicação da fotografia e emitiu um comunicado no seu site, onde informa Bieber - "e os outros convidados da festa", que o animal pertence ao zoo de Michael Hackenberger, que foi recentemente acusado de crueldade contra os animais a seu cargo. Alguns destes animais selvagens já apareceram em filmes como A Vida de Pi e Uma Entrevista de Loucos.

"Os animais exóticos, que são usados para entretenimento, são normalmente afastados das suas mães em tenra idade, são espancados pelos treinadores para lhes obedecerem e forçados a viver em jaulas. Podem até ser sedados para parecerem dóceis em festas como aquela em que estava Justin Bieber. Os tigres que são usados desta forma estão afastados de tudo aquilo que os poderia fazer felizes e nós só podemos imaginar que o tigre junto ao qual Justin posou tem vivido uma vida miserável", pode ler-se no comunicado,

A PETA enviou ainda uma carta a Scooter Braun, o agente do músico, para informá-lo de que o tigre que surge na fotografia pertence ao Bowmanville Zoo, cujo dono, o já referido Michael Hackenberger enfrenta pesadas acusações de maus tratos de animais, segundo o The Holywood Reporter.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG