Turista fotografou último jantar de James Gandolfini

Horas antes de morrer de enfarte, o ator James Gandolfini jantou num restaurante de Roma, cidade onde se encontrava para assistir a um festival de cinema. Os resultados da autópsia ao protagonista do mafioso Tony Soprano, de 51 anos, devem ser conhecidos hoje.

Descontraído e de pólo azul escuro é como James Gandolfini aparece nas fotografias tiradas por um turista e agora publicadas no New York Daily News naquele que pode ter sido o último jantar do ator antes de morrer, de enfarte, na noite de quarta para quinta-feira em Roma.

Por lei os médicos legistas italianos têm 24 horas para apresentar os resultados da autópsia após a entrada do corpo na morgue. No caso de Gandolfini os resultados devem ser conhecidos hoje.

O ator americano de origens italianas sofreu um enfarte e foi levado para o hospital Umberto I de Roma. Depois de vários minutos a tentar reanimá-lo, os médicos acabaram por declarar o óbito.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

E uma moção de censura à oposição?

Nos últimos três anos, o governo gozou de um privilégio raro em democracia: a ausência quase total de oposição. Primeiro foi Pedro Passos Coelho, que demorou a habituar-se à ideia de que já não era primeiro-ministro e decidiu comportar-se como se fosse um líder no exílio. Foram dois anos em que o principal partido da oposição gritou, esperneou e defendeu o indefensável, mesmo quando já tinha ficado sem discurso. E foi nas urnas que o país mostrou ao PSD quão errada estava a sua estratégia. Só aí é que o partido decidiu mudar de líder e de rumo.