The Rock e a luta contra a depressão: "Chorava constantemente"

Ator conta que a mãe se tentou matar na presença dele, quando este tinha apenas 15 anos. Acrescenta que já combateu a doença "mais do que uma vez"

Tido como a estrela mais bem paga de Hollywood, The Rock - de verdadeiro nome Dwayne Johnson - falou sobre as lutas travadas contra a depressão, principalmente depois de a mãe se ter tentado suicidar à frente do ator, e antiga estrela do wrestling, de 45 anos.

"A luta e a dor são reais. Fiquei devastado e deprimido. Cheguei a um ponto em que não queria fazer nada nem ir a lado nenhum. Chorava constantemente", disse The Rock ao Express.

Explicou ainda que, aos 15 anos, numa autoestrada em Nashville, EUA, a mãe saiu do carro "e começou a andar na direção do trânsito". "Agarrei-a e puxei-a para fora da estrada", acrescentou.

"O que é mais espantoso acerca daquela tentativa de suicídio é que ela não se lembra de nada. Provavelmente é melhor que não se lembre", disse ainda. Anos depois, devido a várias de lesões, o sonho de ser jogador de futebol americano caiu por terra. Pouco depois, a então namorada de Dwayne Johnson terminou a relação de ambos. "Foi a pior altura da minha vida", referiu.

O ator disse ainda que se não tivesse encontrado as forças para seguir em frente, provavelmente tinha ficado suicida como a mãe: "Estamos curados mas temos de dar o nosso melhor para dar atenção às pessoas que estão a sofrer. Temos de as ajudar e lembrá-las de que não estão sozinhas".

Depois de um fã lhe ter dito que sofria de depressão, The Rock respondeu que já tinha "combatido o animal mais do que uma vez".

No Twitter, e no seguimento das suas declarações e das reações ao que contou, Dwayne Johnson escreveu: "Obrigado. Todos passamos por más coisas e a depressão não discrimina. Demorei muito tempo a perceber, mas a chave é não termos medo de nos abrirmos. Especialmente nós, homens, que temos a tendência de guardar tudo. Vocês não estão sozinhos".

Exclusivos