Serena Williams apresenta filha recém-nascida

Tenista treinou durante a gravidez com a ambição de tirar o recorde de Margaret Court de 24 torneios do Grand Slam ganhos

Serena Williams apresentou nas redes sociais a sua recém-nascida filha que nasceu no dia 01 de setembro e anunciou que ela e o marido, Alexis Ohanian, deram o nome de Alexis Olympia Ohanian Jr. à menina.

A campeã de ténis partilhou na sua página de Instagram uma foto onde apresentou a bebé aos seus seguidores e convida a verem o vídeo que mostra toda a aventura que foi a sua primeira gravidez.

No vídeo Serena Williams mostra vários momentos do seu dia, incluindo os seus treinos enquanto estava grávida e revela que na vitória do Australian Open estava com oito semanas de gravidez, a qual, segundo a tenista teve "muitas complicações", mas não acrescenta pormenores.

Segundo o The Guardian, Serena Williams treinou durante a gravidez com a ambição de tirar o recorde de Margaret Court de 24 torneios do Grand Slam ganhos.

"Quando sentirmos que ela está pronta para competir, ela fá-lo-á, disse o treinador de Serena Williams, Patrick Mouratoglou, que espera que a tenista recupere a tempo de defender o seu título no Australian Open em janeiro.

"Ela diz que ainda tem coisas para conquistar no ténis. É simultaneamente jogadora de ténis e mãe e tem de lidar com ambas. Ela quer estar preparada para ganhar slams, caso contrário irá parar", acrescentou.

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.