Portugal-Áustria: Dolores Aveiro sofre pelo filho

O empate frente à Áustria deixou os adeptos portugueses à beira de um ataque de nervos. A mãe de Cristiano Ronaldo não foi exceção. Dolores Aveiro assistiu ao jogo em Paris com a família

Sofrimento e deceção. Dois sentimentos que descrevem o estado de espírito dos adeptos no final do Portugal - Áustria. Cristiano Ronaldo falhou um penálti. As redes sociais encheram-se da crítica fácil, do insulto. Mas, no camarote do Parque dos Príncipes, em Paris, um coração sofreu mais do que os outros.

Dolores Aveiro, mãe do capitão da seleção nacional, assistiu ao segundo jogo da fase de grupos do Euro 2016, juntamente com o neto, Cristiano Ronaldo Júnior, e a restante família. A matriarca do clã Aveiro não escondeu as emoções durante a partida, que terminou com um empate a zero.

A única ausente foi Kátia Aveiro, que se encontra em digressão no Brasil. No final do jogo, Elma Aveiro, a outra irmã do futebolista, partilhou uma imagem da família reunida, com a mensagem. "Estamos sempre contigo mano querido... Força Portugal!".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...