Portia de Rossi acusa Steven Seagal de assédio sexual

Número de queixas contra o ator aumenta

Portia de Rossi, 44 anos, junta-se ao rol de atrizes que acusa Steven Seagal, 65 anos, de assédio sexual. A mulher de Ellen DeGeneres denuncia o ator por alegadamente ter aberto o fecho das calças e ter feito um avanço sexual durante uma audição para um filme.

A atriz, que se celebrizou devido a uma personagem na série Ally McBeal, denunciou a situação no Twitter, explicando que a audição decorreu no escritório de Seagal. "Ele disse-me o quão importante era ter química fora do ecrã enquanto me fez sentar e desaperrou as calças de cabedal", lembrou, sem deixar de criticar a própria agente, mais a precisamente a reação que esta teve quando soube da situação. "Bem, não sabia se ele era o teu tipo", ter-lhe-á dito esta.

Após a denúncia, a estrela da televisão norte-americana Ellen DeGeneres partulhou a publicação de Portia, dizendo estar orgulhosa da mulher.

Portia de Rossi junta-se assim a outras atrizes que denunciaram o comportamento de Steven Seagal. No início desta semana, Julianna Margulies, protagonista da série The Good Wife, contou um episódio de há três décadas, quando tinha 23 anos e estava em início de carreira.

A atriz aceitou encontrar-se com o ator num quarto de hotel, depois de uma realizadora ter insistido com ela. Ao chegar, Margulies percebeu que este estava armado e fugiu. "Nã fui violada, não fui magoada. Não sei como fugi daquele quarto de hotel", disse, alegando que caiu numa armadilha e que desde aí nunca mais aceitou encontros privados. Terá sido essa a razão que a levou a recusar encontrar-se com Harvey Weinstein, produtor que está no centro do escândalo de abusos sexuais em Hollywood.

Já antes, uma outra atriz, Lisa Guerrero, acusou Seagal de a ter convidado para uma audição privada em 1996, num quarto de hotel. O ator ter-lhe-á aberto a porta em roupão e ter-se-á sentado numa espécie de trono enquanto esta representava uma cena para ele. Guerrero diz que Seagal não lhe tocou, mas que aquela experiência foi muito estranha.

Rae Dawn Chong, Jenny McCarthy e Kayden Nguyen foram outras mulheres que acusaram Steven Seagal de assédio sexual.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Pessoas
Pub
Pub