Mario Testino, o fotógrafo das celebridades, acusado de "explorar sexualmente manequins"

Manequins e funcionários denunciaram ao The New York Times Mario Testino, que fotografou até a realeza britânica, e o também fotógrafo Bruce Weber

Mario T estino, um dos fotógrafos favoritos das celebridades, está a ser acusado de assédio sexual e de "explorar sexualmente" os manequins que fotografa, tendo sido por isso suspenso de trabalhar com revistas de moda, nomeadamente com a Vogue. As mesmas acusações são feitas ao fotógrafo Bruce Weber.

A notícia foi avançada pelo The New York Times e Anna Wintour, a diretora do grupo Condé Nast, que publica revistas como a Vogue e a GQ, disse já que o grupo não deverá contratar Testino ou Weber num futuro próximo, no seguimento dos testemunhos que foram recolhidos pelos jornalistas. "Acredito firmemente no valor do arrependimento e do perdão, mas levo muito a sério as alegações e, na Condé Nast, decidimos suspender a nossa relação de trabalho com ambos os fotógrafos no futuro próximo", informou Wintour em comunicado, acrescentando que as denúncias contra "amigos pessoais" foram "difíceis de ouvir" e a deixaram destroçada.

Testino, que tirou as fotografias oficiais do noivado dos Duques de Cambridge, William e Kate, foi acusado por 13 assistentes do sexo masculino e também manequins de os ter sujeitado a avanços sexuais. Alguns garantem mesmo que o comportamento do fotógrafo remonta à década de 1990 e que estes avanços incluíam toques indesejados e masturbação.

Um modelo que trabalhou com Testino em campanhas da Gucci, Ryan Locke, acusa-o de ser um "predador sexual". Hugo Tillman, assistente de fotografia, diz que o assédio sexual era "constante" e que Testino chegou a masturbar-se na frente dele, enquanto noutra ocasião o prendeu a uma cama e foi preciso que outra pessoa viesse soltá-lo.

Os advogados do fotógrafo peruano de 63 anos já vieram negar todas as acusações.

Já sobre o norte-americano Bruce Weber, o jornal norte-americano escreve que pelo menos 15 manequins e ex-manequins denunciam que foram obrigados a nudez desnecessária e sujeitos a comportamentos sexuais coercivos. "Estou completamente chocado com as denúncias ultrajantes feitas contra mim, que nego em absoluto", disse Weber, de 71 anos, em comunicado.

O modelo Josh Ardolf garante que Weber lhe apalpou os genitais durante uma sessão fotográfica e um outro manequim, Bobby Roache, diz que o fotógrafo tentou meter-lhe a mão dentro das calças durante um casting em 2007.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.