Madonna voltou a Lisboa e quase passou despercebida

Cantora foi vista no Bairro Alto

A cantora Madonna regressou a Portugal e foi vista esta quarta-feira à noite a andar pelo Chiado e Bairro Alto.

A artista pop passou pelo Teatro da Trindade, pelo restaurante Bairro do Avillez e pela barbearia O Purista, na Rua Nova da Trindade, antes de "andar tranquilamente no Bairro Alto", como contou ao DN Bia Silva, da empresa First Class Concierge.

No Instagram da First Class Concierge, uma empresa "vocacionada a auxiliar a todos os estrangeiros que vivem em Portugal", como se lê no site, foram publicados vídeos e fotografias de Madonna em Lisboa.

"Infelizmente ela não usou os nossos serviços", disse Bia ao DN, confessando que encontrou a cantora na rua por acaso.

Madonna estava com seis homens, quatro deles "com porte de segurança e três mulheres", uma das quais era portuguesa.

Bia contou que pediu para tirar uma fotografia com a Madonna, mas uma das mulheres, que Bia descreveu como uma das assessoras da cantora, disse-lhe em português que a artista não iria ser fotografada com os fãs porque "está de férias".

"As pessoas não reconheceram a Madonna. Só eu", continuou Bia, que diz que a cantora não chamou tanto a atenção como o esperado.

Madonna já esteve em Portugal em maio, altura em que terá visitado várias quintas e imóveis com vista à aquisição de propriedade.

Em maio, a cantora visitou locais como o Mosteiro dos Jerónimos, o parque Eduardo VII, o Oceanário de Lisboa e a praia do Meco e publicou várias fotografias dos passeios nas redes sociais.

Desta vez, a cantora ainda não publicou nenhuma fotografia que deixe perceber o regresso a Portugal.

Na última visita, Madonna tinha mostrado uma ligação ao Benfica, já que publicou uma fotografia das filhas vestidas com camisolas do clube, outra em que a própria aparece com a camisola vestida e ainda uma imagem no estádio do "glorioso", como disse na legenda.

Também o filho de Madonna treinou com a equipa de sub-12 no centro de estágios do Benfica e foi apanha-bolas num jogo do clube.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.

Premium

Opinião

Angola, o renascimento de uma nação

A guerra do Kosovo foi das raras seguras para os jornalistas. Os do poder, os kosovares sérvios, não queriam acirrar ainda mais a má vontade insana que a outra Europa e a América tinham contra eles, e os rebeldes, os kosovares muçulmanos, viam nas notícias internacionais o seu abono de família. Um dia, 1998, 1999, não sei ao certo, eu e o fotógrafo Luís Vasconcelos íamos de carro por um vale ladeado, à direita, por colinas - de Mitrovica para Pec, perto da fronteira com o Montenegro. E foi então que vi a esteira de sucessivos fumos, adiantados a nós, numa estrada paralela que parecia haver nas colinas.