James Franco reage a acusações de assédio: "As coisas que ouvi não são corretas"

Várias mulheres denunciaram o ator após este ter ganho um Globo de Ouro, na noite de domingo.

Uma iniciativa cancelada e alguma pressão no programa de Stephen Colbert. Para já, são estas as consequências das acusações de assédio sexual contra James Franco, logo após a cerimónia de domingo de entrega dos Globos de Ouro, na qual ganhou uma estatueta para Melhor Ator Comédia ou Musical. O ator garante que as acusações "não são corretas".

A polémica surgiu após a 75.ª edição dos Globos de Ouro, em Los Angeles, Estados Unidos da América, que ficou marcada pela homenagem feita às vitimas de assédio sexual. Praticamente todas as celebridades optaram por usar um vestido ou fato preto como forma de apoio às vítimas. James Franco foi uma das estrelas que o fez, tendo ainda colocado na lapela o pin Time's Up, de protesto contra o assédio sexual em Hollywood.

Mas, passadas algumas horas, e depois de ter brilhado em palco por receber o Globo de Ouro de Melhor Ator Comédia ou Musical pelo papel em "Um Desastre de Artista", começou a ser acusado por ex-colegas nas redes sociais.

Ally Sheedy, que entretanto deixou a representação, insinuou no Twitter que algo acontecera no passado. "James Franco ganhou. Por favor, nunca me perguntem porque deixei o mundo do cinema e da televisão", escreveu a atriz que trabalhou com Franco em 2014 na peça The Long Shrift. Ally Sheedy também questionou porque estava um homem a apresentar a cerimónia e porque James Franco fora autorizado a estar presente. Os tweets foram depois retirados.

Violet Paley revelou no Twitter um caso que aconteceu com ela.

"Belo pin Time's Up, James Franco", comentou a atriz no Twitter. "Lembras-te daquela vez em que empurraste a minha cabeça para baixo num carro em direção ao teu pénis exposto e outra vez em que disseste à minha amiga para ir ao teu hotel quando ela tinha 17 anos? Depois de já teres sido apanhado a fazer isso a outra rapariga de 17?", acrescentou.

Violet Paley referia-se ao caso de 2014, quando James Franco foi acusado de enviar mensagens inapropriadas a uma rapariga de 17 anos.

A atriz Sarah Tither-Kaplan também deixou um alerta após os Globos.

"Olá, James Franco. Bom pin Time's Up nos Globos de Ouro. Lembras-te de quando há umas semanas me disseste que a nudez completa que me fizeste fazer em dois dos teus filmes por 100 dólares por dia não era explorador porque assinei um contrato para o fazer?", questionou a atriz.

James Franco diz que não leu aquilo que foi publicado nas redes sociais, mas reagiu às acusações, ontem à noite, no programa de Stephen Colbert: "As coisas que ouvi não são corretas, mas apoio completamente as pessoas que estão a aparecer porque não tiveram voz durante tanto tempo".

O ator garantiu que ganhar o Globo foi importante, mas que "estar naquela sala naquela noite foi incrível". "Foi poderoso. Eu apoio a mudança", disse no Late Show, da CBS.

Relativamente a Ally Sheedy, James Franco afirmou não ter lido o que esta partilhou no Twitter. "Não faço ideia do que fiz a Ally Sheedy. Tenho um respeito total por ela. Ela apagou o tweet, não posso falar por ela", afirmou a Stephen Colbert. "Em relação às outras, na minha vida, tenho orgulho em assumir responsabilidades pelo que fiz", disse, acrescentando que se fez algo errado irá corrigi-lo. "Tenho de fazê-lo. Acho que é assim que funciona".

O jornal The New York Times cancelou entretanto um ato público previsto para hoje com o ator.

No 'site' da Times Talks, uma iniciativa do jornal que consiste em conversas entre jornalistas e personalidades, foi publicitado um encontro que seria protagonizado por James Franco e pelo seu irmão Dave sobre o filme "Um Desastre de Artista" (2017), previsto para hoje no Kaufman Music Center, em Nova Iorque.

No entanto, hoje, no mesmo 'site', foi anunciado o cancelamento da iniciativa, sem que tenham sido facultados detalhes. Mas, mais tarde, um porta-voz do jornal nova-iorquino indicou, porém, que "dada a controvérsia em torno das recentes acusações", a organização não se sente "confortável" com o evento.

Ler mais

Exclusivos