Ivete Sangalo pára espectáculo ao ver um roubo

A cantora brasileira, grávida de sete meses, apercebeu-se de um roubo durante a sua actuação e parou de imediato de cantar

Ivete Sangalo além de cantar e dar um espectáculo de energia em palco, é também muito atenta. Durante a actuação da cantora na cidade de Vitória no Espirito Santo, Ivete foi surpreendida quando um homem, no meu do público, roubou uma carteira. Ao aperceber-se da situação, a cantora brasileira grávida de sete meses não hesitou e parou de imediato o espectáculo. Segundo o site o Fuxico, Ivete disse ao microfone: “Ó de boné amarelo, aqui ó. Devolve a carteira do rapaz que você roubou. Devolve aqui pra cima. Oh, coisa feia, viu! Roubando os outros, que feio. E pode tirar ele da festa. Esta festa aqui é de família e não é de ladrão”.Não satisfeita, Ivete continuou. “E vou dizer mais: quem brigar, vou tirar da festa. Porque eu tenho o famoso olho de tandera”, avisou a morena. Já no inicio do ano, Ivete teve uma atitude semelhante numa situação identica.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Discretamente, sem ninguém ver

Enquanto nos Estados Unidos se discute se o candidato a juiz do Supremo Tribunal de Justiça americano tentou, ou não, há 36 anos abusar, ou mesmo violar, uma colega (quando tinham 17 e 15 anos), para além de tudo o que Kavanauhg pensa, pensou, já disse ou escreveu sobre o que quer que seja, em Portugal ninguém desconfia quem seja, o que pensa ou o que pretende fazer a senhora nomeada procuradora-geral da República, na noite de quinta-feira passada. Enquanto lá se esmiúça, por cá elogia-se (quem elogia) que o primeiro-ministro e o Presidente da República tenham muito discretamente combinado entre si e apanhado toda a gente de surpresa. Aliás, o apanhar toda a gente de surpresa deu, até, direito a que se recordasse como havia aqui genialidade tática. E os jornais que garantiram ter boas fontes a informar que ia ser outra coisa pedem desculpa mas não dizem se enganaram ou foram enganados. A diferença entre lá e cá é monumental.