Ivete Sangalo demite assessor de imprensa

A crise mundial começa a afectar também as estrelas internacionais.

Ivete Sangalo demitiu ontem, terça-feira, dia 9, o seu assessor de imprensa. A trabalhar há nove anos com a rainha da música brasileira, Eduardo Scott tomou conhecimento de que já não fazia mais parte do quadro de funcionários. Tudo por culpa da crise económica que se faz sentir em todo o mundo. “Fui apanhado de surpresa com essa notícia. Ainda não me caiu a ficha. Afinal, foram nove anos de parceria. Acompanho a Ivete desde o começo da sua carreira solo. Segundo o Jesus, que é o presidente da produtora, a crise afectou a empresa e, por isso, teve que me demitir. Perguntei se havia sido esse o motivo ou se teria sido algo pessoal. Ele disse-me que não, que a causa era realmente a crise”, revelou o próprio em declarações ao site Fuxico.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.