Gérard Depardieu admite ser alcoólico

"É uma grande tristeza quando percebermos que somos viciados em algo", reconheceu na TV

Gérard Depardieu revelou, no ano passado, que bebe entre 12 a 14 garrafas de vinho por dia. Só que até agora fez questão de evitar o uso da palavra "alcoólico" para se descrever. Numa entrevista que concedeu esta quinta-feira a William Leymergie, anfitrião do programa francês Télématin, admitiu, por fim, ter um problema com a bebida.

"É muito triste, muito triste. É uma grande tristeza quando percebermos que somos viciados em algo", disse. Apesar de reconhecer a doença, Depardieu não coloca sequer a hipótese de recorrer a grupos de apoio, como os Alcoólicos Anónimos.

"Não, isso nunca. Tenho pânico desse tipo de gente. Os Alcoólicos Anónimos são uma merda. Dão-me vontade de beber até morrer. 'Bom dia, chamo-me Gérard, bebi 13 garrafas de vinho tinto e três garrafas de whisky'. Pode ser que isso ajude algumas pessoas, mas o seu problema não é o álcool: é a merda da solidão", frisou.

Ler mais

Exclusivos