"Falsa" Miss Universo recebe proposta para filmes pornográficos

A colombiana Ariadna Gutierrez, coroada por engano por Steve Harvey, poderá assinar contrato milionário

Na noite de domingo, Ariadna Gutierrez foi Miss Universo durante três minutos. O apresentador Steve Harvey apercebeu-se, entretanto, que lhe tinha entregado por engano a coroa que pertencia à filipina Pia Wurtzbach. O momento tornou-se viral e já culminou na oferta de propostas de trabalho de todo o género.

Steven Hirsch, dirigente de uma das mais bem-sucedidas produtoras de filmes pornográficos, Vivid Entertainment, convidou-a a assinar um contrato de um milhão de dólares (cerca de 914 mil euros). Segundo a imprensa internacional, caso a Miss Colômbia aceite a proposta, não será forçada a fazer nada com o qual não se sinta à vontade. "Podes escolher os teus parceiros, o tipo de sexo que queres ter e em quantos filmes queres aparecer", frisa Hirsch, na carta que enviou à jovem.

Para aliciá-la ainda mais, o empresário acrescentou que irá "financiar a construção da primeira coroa de Vivid Girl" para ela. "Acreditamos que isso será muito mais do que qualquer coisa que a Miss Filipinas venha a usar". Ainda não se sabe, no entanto, a resposta de Gutierrez.

Exclusivos

Premium

Betinho

Betinho: "NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus à seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.