Estilista belga é o substituto de John Galliano

Raf Simons é o novo diretor artístico da Christian Dior, lugar que estava vago desde o despedimento de Galliano, em fevereiro de 2011, na sequência de um escândalo de insultos antissemitas.

O belga, 44 anos, é conhecido pelo estilo minimalista e de vanguarda, em total oposição ao seu antecessor que apostava num estilo barroco e provocante. Simons irá já assinar a coleção de alta costura, prêt-à-porter e de acessórios femininos que a Dior vai apresentar em julho, em Paris.

Segundo o comunicado divulgado pela Dior a escolha de Simons "vai inspirar e impulsionar no século XXI o estilo que o senhor Dior lançou na abertura da sua casa e que mudou, desde a primeira coleção, os padrões da elegância mundial".

No mesmo comunicado, o belga diz-se "alegre com a nomeação, pois a Dior é o simbolo da elegância absoluta".

Raf Simons estava ligada à marca alemã Jil Sander, desde 2005, e antes de ingressar no mundo da moda começou a sua carreira como criador de móveis, após ter estudo design industrial.

Ler mais

Exclusivos