Ed Sheeran leiloa os boxers do 'Super-Homem'

Cantor aderiu a iniciativa solidária que leva a leilão peças de roupa interior de celebridades

Os fãs de Ed Sheeran vão ter oportunidade de ficar com uma peça de roupa do cantor. Mas não é uma peça qualquer: o músico britânico doou uns boxers do Super-Homem a uma iniciativa solidária, que vai levar a leilão roupa interior de várias celebridades. O objetivo é angariar fundos para a instituição CoppaFeel, que ajuda mulheres que sofrem com cancro da mama.

O leilão está a cargo de Heather Walters, mãe de duas crianças que, no ano passado, foi diagnosticada com essa doença. Até ao momento, Heather angariou mais de 12 mil libras (16,3 mil euros) para a instituição, ao pedir a mulheres para doarem os seus soutiens, sendo que só agora começou a pedir a participação de celebridades.

Para além de Ed Sheeran, o leilão também já conta com peças das modelos Cara Delevingne e Kelly Brook, dos apresentadores e radialistas ingleses Fearne Cotton e Nick Grimshaw, entre outros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.