E ao segundo dia, a rainha vestiu Hugo Boss

Depois de ter chegado a Portugal esta segunda-feira com um conjunto Felipe Varela e de, em Guimarães, ter usado um vestido Carolina Herrera, Letizia Ortiz optou, esta terça-feira, por indumentária da marca alemã

Dois modelos repetidos, um a estrear. Esta terça-feira de manhã, na visita ao Parque da Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a rainha de Espanha optou por estrear um conjunto saia casaco da marca alemã Hugo Boss. Na segunda-feira, recorde-se, Letizia usou um casaco Felipe Varela que tinha estreado em 2012 e, nessa noite, repetiu um vestido preto Carolina Herrera estreado em 2014.

As duas peças de vestuário, feitas de uma mistura de lã e caxemira, em tons de laranja, castanho e cinza, custam 808 euros. A rainha combinou o conjunto com uma camisola de malha, também Hugo Boss, cujo preço ronda os 130 euros. Letizia Ortiz recuperou do seu armário de acessórios uma mala castanha, também da marca alemã (400 euros).

Neste segundo dia de visita oficial dos reis de Espanha a Portugal, a rainha usou uns sapatos de salto arredondado, da marca espanhola Uterqüe e uns brincos dourados da também espanhola Bimba Y Lola. Tudo somado, Letizia usou um visual cujo preço ronda os 1300 euros.

Os reis de Espanha chegam esta tarde a Lisboa, onde serão recebidos na Câmara Municipal. Segue-se um jantar no Palácio das Necessidades.

Esta quarta-feira, marcam presença numa sessão solene na Assembleia da República. Segue-se uma receção à comunidade espanhola, na residência do embaixador. A visita termina com uma visita à Fundação Champalimaud.

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.