Dolores Aveiro em Fátima: "um lugar onde me sinto feliz"

A mãe de Cristiano Ronaldo regressou ao santuário de Fátima. As visitas à Cova da Iria são frequentes e, em junho passado, Dolores Aveiro esteve no local de culto a pagar uma promessa.

"Um lugar onde me sinto feliz sempre que cá venho", escreveu Dolores Aveiro nas redes sociais, na legenda de uma imagem em que surge com várias velas nos braços, colocando uma delas num dos tocheiros do santuário de Fátima.

Mulher de fé, a mãe de Cristiano Ronaldo costuma partilhar amiúde as suas visitas ao local de culto mariano, como aconteceu em junho passado, quando se deslocou a Fátima acompanhada pelo neto, Cristianinho, para agradecer o bom desempenho profissional do filho, que tinha acabado de vencer a Liga dos Campeões.

No regresso à Cova da Iria, a matriarca da família Aveiro terá certamente endereçado uma palavra de agradecimento pela vitória lusa no Euro 2016 e pela recuperação do filho da lesão contraída na final frente à França.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).