Colin Firth deixa Óscar na casa de banho

O actor britânico, distinguido com o Óscar de Melhor Actor na 83.ª gala dos prémios da Academia, recuperou a estatueta dourada graças a um funcionário.

Colin Firth deixou o seu Óscar numa casa de banho. A notícia é avançada hoje pelo jornal britânico The Mirror.

O incidente terá acontecido, na madrugada de domingo, durante uma festa temática.

Radiante com a distinção, o actor, de 50 anos, premiado pelo papel de rei George VI no filme O Discurso do Rei, terá ido até uma casa-de-banho onde depois se terá esquecido da estatueta.

O inglês, que conquistou o primeiro óscar da sua carreira, terá recuperado o troféu graças a um funcionário que ao encontrá-lo na casa-de-banho e, ainda com Colin Firth por perto, correu atrás do actor para o devolver.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.