Doença. Lady Gaga anuncia pausa na carreira

A cantora norte-americana Lady Gaga anunciou no Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), onde está a ser projetado um documentário sobre a sua vida, que vai abandonar temporariamente o mundo da música.

"Vou dar-me um descanso", afirmou Lady Gaga, numa conferência de imprensa no TIFF, mas garantiu que continuará "a criar" e que tem ideias e projetos.

O anúncio coincidiu com a estreia mundial no TIFF do documentário "Lady Gaga: Five Foot Two", que faz referência à altura da artista no sistema anglo-saxão.

O filme concentra-se no processo de criação do álbum "Joanne", que lançou em 2016, e nas reflexões que a cantora faz sobre a sua carreira musical.

Mas também mostra a luta de Lady Gaga contra a dor física crónica de que sofre.

Lady Gaga afirmou, com lágrimas nos olhos, que necessitava de "alguma recuperação para curar" e que era "libertador" poder falar da dor.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.