Bradley Cooper "acaba" com Irina Shayk... por causa da sua mãe

Incompatibilidades entre manequim russa e mãe do ator estarão na origem da rutura

Juntos desde abril de 2015, Bradley Cooper e Irina Shayk terão agora, segundo a imprensa inglesa, terminado o romance. Isto porque a supermodelo russa e a mãe do ator, de quem ele é bastante próximo, estavam em constante fricção.

"Eles estavam a dar-se muito bem, mas as coisas azedaram durante a época de Natal", começa por revelar uma fonte do jornal britânico The Sun. "Eles passaram o Natal juntos em Los Angeles mas as discussões começaram, sobretudo por causa de a Irina e a mãe do Bradley não se estarem a dar muito bem".

Uma outra fonte explica que nem sempre foi assim, uma vez que no início da relação, Shayk e Gloria Cooper mantinham uma relação amigável. No entanto, após algumas divergências, o ator do filme Joy tomou o partido da sua mãe.

"Isso causou fricção entre o Bradley e a Irina, uma vez que ele é muito próximo da sua mãe, e o facto de ela e a Irina não atinarem colocou pressão na relação deles". E revela: "A Irina pensou que as coisas estivessem a correr muito bem e está muito perturbada por terem acabado desta forma".

Desde então, avança ainda o The Sun, a russa tem-se aproximado do modelo britânico Stephen James, com quem chegou a passar o seu 30º aniversário, a seis de janeiro.

Recorde-se que, anteriormente, a manequim namorou com Cristiano Ronaldo, durante cerca de cinco anos. Curiosamente, falou-se, na altura da separação, que o motivo do final do romance seria a má relação de Shayk com a mãe do jogador, Dolores Aveiro, embora nunca tivesse sido dada essa confirmação.

Ler mais

Exclusivos