Atores da "Guerra dos Tronos" e da série "Teen Wolf" em Portugal

Outro "convidado" da convenção é o DeLorean, dos filmes "Regresso ao Futuro"

A convenção de banda desenhada Comic Con regressa em dezembro à Exponor, Matosinhos, contando também com convidados de áreas como cinema e televisão, como os atores Linden Ashby, Susan Walters e Holland Roden, da série Teen Wolf.

"O que mais atrai os fãs deste tipo de evento são sempre os talentos de Cinema & TV, dos quais temos confirmados Jason Momoa e a série Teen Wolf (com a participação dos atores Linden Ashby, Susan Walters e Holland Roden). Os artistas desta área realizam painéis, sessões de autógrafos, meet&greet e demais atividades com os fãs", disse à Lusa Pedro Cara d'Anjo, da organização da convenção, que decorrerá entre 04 e 06 de dezembro.

Jason Momoa foi anunciado como o primeiro artista de Cinema para a edição de 2015 da Comic Con Portugal. Momoa conta no currículo com participações tanto no pequeno como no grande ecrã. Entre elas, destaca-se o papel de Khal Drogo em "A Guerra dos Tronos" ou o papel de protagonista em Conan. Neste momento, prepara-se para entrar no universo cinematográfico da DC Comics, como Aquaman, nos filmes Batman v Superman: Dawn of Justice, The Justice League Part One e Aquaman.

"Nesta altura, temos ainda poucos conteúdos desta área anunciados, uma vez que, por motivos de agenda, as confirmações chegam sempre mais perto da data. Neste campo, faltam ainda confirmar conteúdos relativos a alguns 'media partners' do evento, como FOX, AXN e MOV, entre outros", referiu a mesma fonte.

Na área da Banda Desenhada, que é a base da Comic Con, a organização salienta que estarão presentes vários autores, quer da BD norte-americana, quer da BD franco-belga, que "vão partilhar as suas experiências com os aficionados da área, que por norma são bastante conhecedores das novas edições". Para além disto, vão ainda realizar sessões de autógrafos, onde podem assinar obras trazidas pelos fãs.

Está já confirmada a presença de Brian Azzarello, um argumentista de BD norte-americano, conhecido internacionalmente pelo seu trabalho em 100 Balas e pela colaboração com grandes editoras, em especial a DC Comics/Vertigo.

Azzarello escreveu para diversas edições de Batman e Super-Homem. Contam-se ainda várias iniciativas próprias, como o western Loveless, criado juntamente com Marcelo Frusin. Em abril de 2015, foi anunciado como coargumentista da segunda sequela de The Dark Night Returns, juntamente com Frank Miller. A qualidade de Azzarello já lhe valeu diversas distinções, entre elas o famoso prémio Eisner, em 2001, pelo seu trabalho na série 100 Balas, em colaboração com Eduardo Risso.

Outra presença já garantida é a de Leon Chiro (Cosplay Art), 'cosplayer' profissional, ex-campeão de atletismo italiano, 'personal trainer' e modelo fotográfico com uma grande paixão pela arte 'cosplay' e pelos videojogos hardcore. 95% dos seus 'cosplays' são personagens de videojogos e é ele quem os faz à mão (exceção feita aos materiais difíceis de coser, como é o caso do cabedal resistente).

Leon é considerado "um importante concorrente de concursos 'cosplay', adora interpretar os seus personagens de cor" e ganhou uma série de concursos 'cosplay' nas principais convenções italianas (como a Lucca Comics e Romics) e na Europa (como o prémio Best Cosplay Forge na Japan Expo 2013).

Nesta edição haverá também "uma área com diferentes marcas, que levam produtos e artigos exclusivos, como colecionáveis, edições limitadas de livros, 'props' e brinquedos temáticos, entre outros".

"Este ano, vamos ter a presença do carro DeLorean, dos filmes "Regresso ao Futuro", que se prevê que concentre muitas atenções", disse a fonte da organização, destacando também a primeira edição dos Prémios Galardões BD (entrega de prémios de Banda Desenhada) e dos diversos concursos, como o Heróis do Cosplay, que atrai muitos 'cosplayers'.

Para além disto, acrescentou, "temos diversos outros espaços bastante interessantes, como, por exemplo o Artists' Alley, a Fan Zone, o Portfolio Review ou o Auditório B, com programações diversas e conteúdos ainda por anunciar, para além da Comic-Con Kids, uma área exclusivamente dedicada às crianças".

Em 2014, a Comic Con recebeu um total de 32.697 visitantes e contou com a presença de 218 artistas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

Conhecem a última anedota do Brexit?

Quando uma anedota é uma anedota merece ser tratada como piada. E se a tal anedota ocupa um importante cargo histórico não pode ser levada a sério lá porque anda com sapatos de tigresa. Então, se a sua morada oficial é em Downing Street, o nome da rua - "Downing", que traduzido diz "cai, desaba, vai para o galheiro..." - vale como atual e certeira análise política. Tal endereço, tal país. Também o número da porta de Downing Street, o "10", serve hoje para fazer interpretações políticas. Se o algarismo 1 é pela função, mora lá a primeira-ministra, o algarismo 0 qualifica a atual inquilina. Para ser mais exato: apesar de ela ser conservadora, trata-se de um zero à esquerda. Resumindo, o que dizer de uma poderosa governante que se expõe ao desprezo quotidiano do carteiro?

Premium

Adolfo Mesquita Nunes

A escolha de uma liberdade

A projeção pública da nossa atividade, sobretudo quando, como é o caso da política profissional, essa atividade é, ela própria, pública e publicamente financiada, envolve uma certa perda de liberdade com que nunca me senti confortável. Não se trata apenas da exposição, que o tempo mediático, por ser mais veloz do que o tempo real das horas e dos dias, alargou para além da justíssima sindicância. E a velocidade desse tempo, que chega a substituir o tempo real porque respondemos e reagimos ao que se diz que é, e não ao que é, não vai abrandar, como também se não vai atenuar a inversão do ónus da prova em que a política vive.

Premium

Marisa Matias

Penalizações antecipadas

Um estudo da OCDE publicado nesta semana mostra que Portugal é dos países que mais penalizam quem se reforma antecipadamente e menos beneficia quem trabalha mais anos do que deve. A atual idade de reforma é de 66 anos e cinco meses. Se se sair do mercado de trabalho antes do previsto, o corte é de 36% se for um ano e de 45%, se forem três anos. Ou seja, em três anos é possível perder quase metade do rendimento para o qual se trabalhou uma vida. As penalizações são injustas para quem passou, literalmente, a vida toda a trabalhar e não tem como vislumbrar a possibilidade de deixar de fazê-lo.

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

O planeta dos sustentáveis 

Ao ambiente e ao planeta já não basta a simples manifestação da amizade e da esperança. Devemos-lhes a prática do respeito. Esta é, basicamente, a mensagem da jovem e global ativista Greta Thunberg. É uma mensagem positiva e inesperada. Positiva, porque em matéria de respeito pelo ambiente, demonstra que já chegámos à consciencialização urgente de que a ação já está atrasada em relação à emergência de catástrofes como a de Moçambique. Inesperada (ao ponto do embaraço para todos), pela constatação de que foi a nossa juventude, de facto e pela onda da sua ação, a globalizar a oportunidade para operacionalizar a esperança.