Ataque informático a Cristina Ferreira foi "marketing"

As contas nas redes sociais e o blogue de Cristina Ferreira ficaram inativos esta sexta-feira, como parte de um plano de "marketing" para a apresentação de um novo perfume, desta vez para homens

Afinal, o site oficial e as redes sociais de Cristina Ferreira não foram alvo de um ataque informático esta sexta-feira, dia em que só se viam imagens em tons de cinza e páginas a preto. A apresentadora da TVI chegou a frisar que estava a tentar resolver o problema, assim como Tiago Froufe, o responsável pela equipa que gere os media digitais de Cristina Ferreira.

Tudo não passou de uma brincadeira e de uma estratégia de marketing para promover o seu novo perfume, que apresentou, de surpresa, no final do primeiro dia da Moda Lisboa, esta sexta-feira. A nova fragrância de Cristina Ferreira, em parceria com a LR Health & Beauty Systems, é uma versão do perfume Meu para homens.

"A campanha é muito sensual e fazia sentido começar desta forma, como se alguém se tivesse apoderado das minhas páginas. E também para que as pessoas passassem o dia sem saber o que estava a acontecer. Corri o risco de algumas pessoas dizerem que se sentiram enganadas com tudo aquilo que foi feito, mas não há problema. Algumas acho que agora percebem que tudo fez parte de um caminho até aqui", explicou Cristina Ferreira aos jornalistas no final da apresentação do seu perfume.

A apresentadora, que protagoniza, ela própria, a capa da nova edição da sua revista, mostrando a nova fragrância, acrescenta que não receia que os fãs a acusem de mentir. "Os meus seguidores conhecem-me muito bem, sabem como faço as coisas", frisou.

Exclusivos