Homem detido por não entregar cassete de vídeo... 14 anos depois

James Meyers era alvo de um mandado de captura desde 2002, após ter falhado a entrega de um filme no clube de vídeo

Quando um agente da polícia do estado americano da Carolina do Norte mandou parar James Meyers por causa de um farol avariado, foi o aluguer de um filme em 2002 que acabou por trazer consequências maiores. O homem norte-americano, que levava a filha para a escola, esperou quase meia hora pela análise à carta de condução, que acabou por revelar o mandado de captura.

Os agentes mostraram bom senso e permitiram que Meyers levasse a filha à escola e então se apresentasse na esquadra. Contudo, James foi surpreendido quando foi algemado e levado até ao gabinete do juiz - tudo porque nunca terá chegado a devolver a cassete do filme Freddy em Apuros, que alugou em 2002. A loja onde alugou o filme até já fechou.

Depois de libertado, James Meyers publicou um vídeo onde se mostrou estupefacto com a situação e quis partilhar com o público "aquilo com que as autoridades estão preocupadas e onde é gasto o dinheiro dos contribuintes"

A situação, amplamente divulgada pelos media locais, chegou a Tom Green, protagonista e autor do filme em causa, Freddy em Apuros, uma comédia que recebeu críticas arrasadoras. O ator reagiu de forma incrédula no Twitter: "Vi isto e estou a tentar perceber se é mesmo verdade".

Ainda que insólita, esta situação não é tão rara como se possa pensar, sendo vários os casos de pessoas que são detidas pelas mesmas razões que levaram à de Meyers, que incorre numa multa que pode ir até aos 200 dólares (179 euros).

Exclusivos