Ex-mulher de Simão Sabrosa gasta 745 euros em roupas

Empresária não "olhou a custos" e comprou modelos da marca italiana Versace. Em 2012, Filipa Valente vai investir num negócio próprio: abrir uma loja de roupa para criança.

"Esta colecção está linda de morrer!". Foi, desta forma, que Filipa Valente, recém-divorciada do futebolista Simão Sabrosa, assumiu ter-se rendido por completo aos modelos da marca de luxo Versace que estiveram à venda, quarta-feira à noite, na loja da marca H&M, no Chiado, em Lisboa.

Sem olhar a custos, a empresária, 35 anos, abriu os "cordões à bolsa" e gastou a quantia de 745, 75 euros para levar para casa várias peças de roupa de luxo. "Comprei mais peças que servem para o dia-a-dia, não saio muitas vezes à noite", afirmou à margem do evento 'Preview Versace For H&M'.

Porém, Filipa Valente esclareceu: "Comprei peças, mas não comprei só para mim. Algumas amigas minhas viram o catálogo da marca e fizeram-me encomendas, pediram que lhes levasse peças para elas. Para mim comprei três ou quatro peças".

Apesar do valor gasto nas compras de luxo, a ex-mulher do futebolista Simão Sabrosa e que vive, por esta altura, um romance com o manequim Jonathan Sampaio, sublinhou ter, desde criança, o cuidado de fazer poupanças. "Sempre me ensinaram a poupar e passo isso para os meus filhos. Nesta altura de crise, pensa-se duas vezes antes de fazer investimentos e pensa-se duas e três vezes antes de comprar uma coisa mais cara", disse.

Apaixonada assumida por roupas, Filipa Valente, que é mãe de um rapaz, Martim, de seis anos, e de uma rapariga, Mariana, de 10, vai, no próximo ano, investir num negócio próprio. Pretende abrir uma loja de roupa para criança. "Adoro, mesmo! É um desejo que quero cumprir em 2012", revelou.

Não irá, porém, apostar numa marca própria. "Há que arriscar em multimarcas. Não podemos estar cingidos a um mercado, há que ter abertura para todos. Tenho dois filhos e eles vestem-se de maneiras completamente diferentes", afirmou a empresária que ambiciona abrir o novo espaço na localidade de Cascais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG