Dior suspende Galliano após detenção do criador

Após a detenção de John Galliano por comentários anti-semitas e racistas, a casa Dior anunciou que, até o caso se resolver, o estilista não estará em funções.

"A Dior reafirma com toda a convicção a sua política de tolerância zero perante qualquer palavra ou comportamento anti-semita", realça o presidente da Dior, Sidney Toledano. Por isso, John Galliano foi suspenso das suas funções até a situação estar terminada.

O estilista foi detido na noite de quinta-feira, por algumas horas, depois de comentários anti-semitas e racistas a um casal. O incidente deu-se em Paris e Galliano estava alcoolizado.

John Galliano vive em Paris e é responsável, desde 1996, pela divisão feminina da casa Dior. O estilista estava actualmente a trabalhar na colecção Outono/Inverno 2011, que deveria ser apresentada a 4 de Março na Semana da Moda de Paris.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG