Charlie Sheen: "Estou aqui para admitir que sou VIH positivo"

O ator fez hoje a revelação, durante o programa norte-americano Today, da NBC

Sabia-se que Charlie Sheen iria fazer, hoje de manhã, uma grande "revelação pessoal" em direto. Sabia-se também, desde a semana passada, segundo fontes do jornal The Sun, que o ator teria contraído, recentemente, o vírus do HIV. As contas bateram certo.

"Estou aqui para admitir que sou, de facto, HIV positivo. Tenho que pôr um ponto final nestes ataques, nestas "meias-verdades", nestas histórias nocivas que estão a ameaçar a saúde de tantos outros, o que não poderia estar mais longe da verdade", começou por dizer, em entrevista ao programa da manhã da NBC, Today.

O ator da série Dois Homens e Meio confirmou, ainda, que pagou a várias pessoas para ajudá-lo a manter esse segredo. "Paguei a pessoas suficientes para ter gasto milhões. O que as pessoas se esquecem é que esse é dinheiro que estão a tirar dos meus filhos. Pensam que é apenas a mim, mas eu tenho cinco filhos e uma neta", lamentou.

A doença foi-lhe diagnosticada "há quatro anos", confessou ainda. "Começou com uma série de dores de cabeça e suores. Eu suava a cama, ficava completamente encharcado. Houve duas ou três noites consecutivas em que fui hospitalizado. Pensei que tivesse um tumor no cérebro, pensei que tinha chegado ao fim. Depois de vários testes, eles entraram no quarto e disseram-me. São três letras difíceis de absorver. É um ponto de viragem na vida de uma pessoa".

Sheen revelou ainda tomar "quatro comprimidos por dia" e concluiu, dizendo: "Sou um sobrevivente".

Veja aqui a entrevista completa:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG