Casa Real exclui Iñaki Urdangarin do seu site oficial

A Casa Real espanhola retirou hoje da sua página oficial na Internet as referências sobre Iñaki Urdangarin para voltar a "marcar distância" em relação ao duque de Palma, devido ao processo sobre o alegado desvio de fundos públicos.

Iñaki Urdangarin, que é casado com Cristina, uma das filhas dos reis de Espanha, foi afastado da atividade oficial da Casa Real em dezembro de 2011 devido a um processo sobre alegado desvio de fundos públicos e agora foi citado pela justiça espanhola a comparecer novamente em tribunal a 23 de fevereiro.

Segundo fontes da Casa Real, citadas pela EFE, a decisão de retirar as referências não tem que ver com a troca de correio eletrónico do ex-sócio de Urdangangarin, Diego Torres, conhecida esta semana, mas pretende contribuir para afastar dúvidas sobre uma eventual mudança de posição da instituição face ao marido da infanta Cristina.

O rei, Juan Carlos, deu assim "mais um passo" para renovar e reforçar a sua mensagem de dezembro de 2011, quando afastou Urdangarin de toda as atividades institucionais pela sua conduta "não exemplar" e deixar claro que não mudou de posição, embora o duque de Palma continue a ser membro da família Real.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG