Bobbi Kristina morreu por afogamento e mistura de drogas

Resultados da autópsia revelam que filha de Whitney Houston morreu por afogamento e mistura de drogas

Oito meses após a morte de Bobbi Kristina Brown foram divulgados os resultados da autópsia à filha de Whitney Houston e Bobby Brown. O tribunal de Atlanta autorizou que a consulta dos documentos, nos quais pode ler-se que a morte da jovem se deveu a "afogamento associado com mistura de drogas", tendo sido detetadas substâncias como canábis, álcool, sedativos e ansiolíticos.

"A morte não se deveu garantidamente a causas naturais, mas os examinadores não foram capazes de determinar se a morte foi devido a causas intencionais ou acidentais, e, portanto, a causa do óbito foi inconclusiva", pode ler-se no relatório da autópsia divulgado pelo gabinete médico-legal de Atlanta.

Recorde-se que a jovem de 22 anos foi encontrada inconsciente numa banheira da sua habitação, em Atlanta, Estados Unidos, no dia 31 de janeiro de 2015 e acabou por morrer no hospital a 26 de julho após vários meses em coma.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG