Beyoncé ofuscou os Coldplay no intervalo do Super Bowl

A imprensa coroou a cantora como a rainha do intervalo

A cantora Beyoncé foi a estrela mais brilhante do espetáculo do intervalo da Super Bowl, um evento que todos anos mobiliza alguma das maiores estrelas do planeta. Este ano, os escolhidos para animar o jogo entre os Carolina Panthers e os Denver Broncos foram os Coldplay, Bruno Mars e Beyoncé.

Os Coldplay tocaram "Viva La Vida", "Paradise" e "Adventure of a Lifetime", seguindo-se Bruno Mars com "Uptown Funk".

Mas foi a entrada de Beyoncé, que no dia anterior tinha lançado um novo single, que veio animar o intervalo no Levi's Stadium em Santa Clara, na Califórnia. A imprensa coroou a cantora como a rainha do intervalo e foi unânime em considerar que Beyoncé ofuscou as outras estrelas com "Formation", a canção apresentada no sábado.

Depois da festa de Mars, Beyoncé entrou em campo, com as bailarinas em formação, numa referência ao título da nova canção, para uma demonstração de poder e força em saltos altos - a a própria canção é talvez a mais política da cantora, uma imagem reforçada pelo videoclipe.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG