Avião de Bieber inspecionado por suspeita de drogas

As autoridades norte-americanos detetaram um odor a marijuana no avião particular do cantor canadiano, à chegada ao aeroporto de Nova Jérsia. Após as buscas e interrogatórios, Bieber teve autorização para voltar a entrar nos EUA.

O avião particular de Justin Bieber foi inspecionado na sexta-feira com a ajuda de cães pisteiros depois de as autoridades alfandegárias norte-americanas terem sentido um odor a marijuana. No entanto, as buscas não resultaram em nada, uma vez que não foram encontradas drogas ou outras substâncias ilegais a bordo.

Segundo a CNN, Justin Bieber foi interrogado durante várias horas antes de ter tido autorização para entrar em território norte-americano, onde reside com um visto O-1, que o país concede a pessoas que têm uma excelente habilidade nas ciências, artes, educação, negócios ou desporto.

A entrevista terá sido semelhante àquelas que as autoridades levam a cabo neste tipo de situações, e que podem demorar entre 10 minutos e dez horas.

Jusin Bieber viajava do Canadá, onde na quarta-feira se apresentou na esquadra de Toronto para ser formalmente acusado de agressão ao motorista de uma limusina que o transportou naquela cidade.

Nesse mesmo dia, soube-se que as análise toxicológicas realizadas à urina do cantor canadiano aquando da detenção em Miami, a 23 de janeiro, detetaram a presença de uma substância química do Xanax e de marijuana.

Na sequência deste incidente, uma petição na Internet exige a deportação do cantor para o Canadá.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG