Assassino de Daniella Perez tem 26 mil seguidores no Instagram

Guilherme de Pádua, que matou a atriz brasileira em 1992, mostra o seu dia a dia na rede social Instagram

O autor de um dos crimes mais marcantes do Brasil criou uma conta no Instagram há um ano e conta já com 26 mil seguidores. Guilherme de Pádua, autor confesso da morte da atriz Daniella Perez em 1992, com quem fazia par romântico na novela De Corpo e Alma, usa a rede social para partilhar momentos do seu quotidiano, tais como idas ao ginásio, ao teatro, à igreja ou até mesmo ao lado do cão.

O antigo ator, de 46 anos, continua a ser alvo de comentários por parte de quem não esqueceu o homicídio da filha de Glória Perez, uma das autoras mais proeminentes da Globo. Pádua faz questão de responder às críticas e alega estar arrependido. "Infelizmente não existe uma máquina do tempo e não posso voltar ao passado... Para mim seria muito mais fácil já ter morrido. Quantas vezes o desejei", escreveu.

Guilherme de Pádua foi condenado a uma pena de 19 anos de prisão por ter estrangulado e desferido 18 golpes de tesoura no corpo de Daniella Perez. Em 1999, após ter cumprido sete anos da pena, Pádua e a mulher, Paula Thomaz, sua cúmplice no homicídio, saíram em liberdade condicional. Guilherme de Pádua é agora obreiro da igreja Batista.

Em agosto do ano passado, mês em que Daniella Perez faria 45 anos se estivesse viva, Gloria Perez escreveu um texto emotivo em homenagem à filha. "O mundo mudou tanto e ela não viu. Não conheceu a internet, o telemóvel, os avanços da ciência e da tecnologia, não teve os seus filhos nem viu nascer os seus sobrinhos - não viveu o que sonhou viver".

Exclusivos