Amber Heard acusa Johnny Depp de violência doméstica

A atriz interpôs uma providência cautelar contra o ainda marido, acusando-o de agressões físicas. E entregou foto para prová-lo

Amber Heard está a acusar o ator norte-americano de agressão física, adianta a revista "People". De acordo com a publicação, a atriz interpôs uma providência cautelar contra Johnny Depp. A acompanhar esse pedido, entregue pela advogada Samantha Spector, encontram-se fotografias da atriz com ferimentos alegadamente provocados por Depp.

Heard deu entrada em tribunal com um pedido de divórcio de Depp alegando "diferenças irreconciliáveis". Os documentos foram submetidos na passada segunda-feira e mostram que a atriz de 30 anos indicou o dia 22 de maio (passado domingo) como data da separação. Pediu também para receber uma compensação monetária mensal.

O intérprete de Piratas das Caraíbas, de 52 anos, que atua esta sexta-feira à noite no Rock in Rio Lisboa com a sua banda, os The Hollywood Vampires, tem uma fortuna avaliada em 400 milhões de dólares (cerca de 358,7 milhões de euros) e uma ilha privada no arquipélago das Bahamas.

Até ao momento, Johnny Depp não falou sobre o final do seu casamento de 15 meses. "Tendo em conta a curta duração do seu casamento e a morte recente da sua mãe [dias antes da separação de Heard], Johnny não responderá a histórias falsas, rumores, especulações e mentiras acerca da sua vida pessoal. Espera-se que a dissolução do casamento, que foi breve, fique resolvida rapidamente", lê-se no comunicado oficial.

Exclusivos