Abraço junta estrelas e transformistas na luta contra o preconceito

A 23ª gala da associação de apoio a doentes do VIH realizou-se no Teatro São Luiz, em Lisboa

Música, dança, maquilhagem, luzes e muita euforia. Foi com este ambiente que o Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, recebeu ontem a 23ª gala da Abraço, associação que usa a expressão artística como sensibilização para o vírus do VIH/SIDA.

A condução do espectáculo esteve a cargo de Nuno Eiró e Filomena Cautela. Pelo palco, passaram atuações que conquistaram aplausos efusivos da plateia, não só de várias personagens conhecidas do mundo do transformismo, como Natacha Semmynova (ex- concorrente do The Voice Portugal), mas também de ícones da música e do teatro como Simone de Oliveira, Nuno Feist e Marina Mota.

No final, coube aos jurados de serviço - José Carlos Malato, Luciana Abreu e Gonçalo Lobo (presidente da Abraço) - eleger a melhor atuação e a prestação com melhor imagem.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG