A jovem rainha que está a modernizar o Butão e até já tem conta no Facebook

Jetsu Pema, de 25 anos, casou-se com o rei do Butão há quatro anos. Jovem e bonita, sempre com as roupas tradicionais e com uma cultura acima da média, é um ícone para as jovens do país.

A rainha do Butão é como as princesas dos contos infantis: bonita, jovem, com uma expressão doce. Jetsun Pema Wangchuck, a mulher do rei Jigme Khesar Namgyel Wangchuck, acabou de completar os 25 anos e é muitas vezes comparada a Kate Middleton (do Reino Unido) ou a Letizia (de Espanha) por, tal como elas, ser uma plebeia, e por, tal como elas, não só ser bastante popular como estar a ajudar a monarquia a renovar-se e a adaptar-se aos novos tempos. Num reino onde o primeiro banco abriu há menos de 50 anos e a televisão só chegou em 1999, a jovem rainha tem uma página oficial no Facebook onde divulga as várias iniciativas da casa real e publica várias fotografias.

Na verdade, Jetsun Pema é uma plebeia com pedigree: o seu pai, o piloto Dhondup Gyaltshen, é neto de um governador de Trashigang (um dos 20 distritos do Butão), e a mãe, Sonam Chukim, provém de uma das mais antigas famílias nobres do país. Jetsun estudou em bons colégios da Índia e chegou a frequentar o curso de Relações Internacionais da Universidade de Regent, em Londres. Além do dzongkha, a língua do Butão, fala hindi e inglês.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG