170 pessoas doentes depois de festa na mansão da Playboy

Cerca de 170 pessoas ficaram doentes depois de terem participado numa festa na casa do fundador da Playboy, Hugh Hefner, em Beverly Hills. As causas desta misteriosa epidemia estão a ser investigadas.

O departamento de saúde pública de Los Angeles, Califórnia, precisou segunda-feira que está a tentar contactar todos os participantes no colóquio sobre a Internet DOMAINfest, que reuniu 700 pessoas provenientes de 30 países e cuja festa de angariação de fundos se realizou na Playboy Mansion a 3 de Fevereiro.

"Até à data, cerca de 170 pessoas declararam ter sofrido de febre, calafrios, indisposição geral e problemas respiratórios", afirmou o departamento de saúde pública da cidade num comunicado. "Os nossos serviços estão a investigar vários locais ligados ao colóquio, entre os quais a Playboy Mansion", acrescentou a mesma fonte, precisando que os peritos ainda procuram a causa da epidemia.

"Não temos razão para acreditar que outras pessoas para além das que participaram no colóquio foram afectadas", disse. A Playboy Mansion, uma luxuosa residência de estilo gótico, situa-se em Beverly Hills. Uma máquina utilizada para criar um nevoeiro artificial em redor da piscina pode estar na origem da infecção, segundo o Los Angeles Times.

"Isto deixou-me de rastos durante cinco dias", declarou ao diário David Castello, cofundador da Castello Cities Internet Network Inc. "Passou, agora, mas sinto-me sempre cansado, o que não é bom", revelou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG